terça-feira, 12 de agosto de 2014

PPB é destacado pela SUFRAMA em reuniões com entidades de classe



Após representar a Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) durante sessão solene do Congresso Nacional, em Brasília, que promulgou a Emenda Constitucional que prorroga até 2073 o modelo Zona Franca de Manaus (ZFM), o superintendente em exercício da autarquia, Gustavo Igrejas, participou esta semana de dois eventos organizados por entidades parceiras da SUFRAMA. Em ambos, o Processo Produtivo Básico (PPB) foi tema de destaque pela importância para as empresas instaladas no Polo Industrial de Manaus (PIM). 

Durante o Encontro Anual de Planejamento Estratégico da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), realizado no Clube do Trabalhador do Sesi, em Manaus, Igrejas fez uma apresentação a membros do sistema da entidade. O encontro permitiu ao superintendente falar um pouco sobre o modelo de desenvolvimento regional e centrar sua apresentação em diversos pontos importantes sobre PPBs, principal contrapartida dos incentivos fiscais do PIM. 

Um dos destaques feitos por Gustavo Igrejas foi o acompanhamento do processo de elaboração dos textos dos PPBs. O superintendente esclareceu que a SUFRAMA está sempre presente em todas as discussões acerca do tema, acompanhando todos os detalhes da redação das minutas das Portarias Interministeriais, para que os interesses do PIM sejam preservados. Foi esclarecido também que o processo de fixação dos PPBs é transparente e democrático e que a SUFRAMA sempre está disponível para receber as demandas da classe e sentar à mesa para negociar. “Sabemos da importância do Processo Produtivo Básico para a Zona Franca de Manaus e estamos sempre atentos às negociações acerca dos PPBs. Em toda discussão é preciso verificar o que pode nos impactar, positivamente ou não”, disse o superintendente. “O PPB é indubitavelmente um importante indutor do desenvolvimento na região, conforme comprova a série histórica de vigoroso crescimento dos níveis de geração de mão-de-obra, investimento e faturamento nas últimas duas décadas”, completou.

Fiscalização
Durante sua palestra, Igrejas fez questão de ressaltar que o PPB é essencial para que haja atividade industrial incentivada na região. “Se não há PPB fixado, não há projeto aprovado na SUFRAMA”. E para garantir que todos aqueles que usufruem dos incentivos da ZFM cumpram o PPB, “a SUFRAMA possui um sistema totalmente estruturado e informatizado para fiscalizar seu cumprimento”, afirmou.

 Demanda dos empresários
Depois da Fieam, foi a vez do Centro das Indústrias do Estado do Amazonas (Cieam) contar com a presença do superintendente em exercício, acompanhado do superintendente adjunto de Operações, Adilson Vieira, e técnicos da SUFRAMA, na 127ª reunião ordinária da entidade. 

 Durante a reunião, no auditório do Cieam, a equipe da SUFRAMA ouviu várias demandas da classe empresarial.  Questões como internamento de notas e fixação dos Processos Produtivos Básicos foram levantadas pelos presentes, temas prontamente respondidos pelos superintendentes da autarquia, com apoio da equipe técnica.

Ao final da reunião, a classe empresarial demonstrou todo apoio ao papel da 
SUFRAMA no desenvolvimento do Polo Industrial de Manaus, da região e congratulou a autarquia pela prorrogação do modelo Zona Franca de Manaus até 2073. 

Seminário sobre mercado norte-americano com inscrições até o fim deste mê


Uma oportunidade para quebrar paradigmas e abrir portas para o mercado mundial, os Estados Unidos oferece oportunidades de negócios a empresários do Amazonas, através de Seminário a ser realizado nos dias 22, 23 e 24 de setembro, em Miami, na Flórida. O evento tem como tema “Como Ingressar no Mercado Norte-americano” e tem como público alvo, investidores, que pretendem ampliar seu ramo de atuação no mercado externo.

As inscrições podem ser realizadas até o dia 31 de agosto, por meio de preenchimento de ficha no link ‘http://bit.ly/X6qPpj’ que deverá ser entregue na sede do Centro Internacional de Negócios do Amazonas (CIN-AM), na Rua Joaquim Nabuco, nº 1919, Centro de Manaus.

O valor do pacote é U$$ 2 mil dólares e inclui: três noites em hotel, recepção de networking, cinco coffee breaks, três almoços, traslado, visitas técnicas e certificado de participação. O valor pode ser parcelado até a data do evento. O seminário este ano está na sua 10ª edição. 

Para Marcelo Lima, gerente executivo do CIN-AM, independente do porte ou experiência, a entrada no mercado global deve ser de interesse de qualquer organização. “Às vezes, o conhecimento, as informações e os relacionamentos, além de um produto ou serviço vendável no mercado internacional são mais importantes no investimento que o próprio dinheiro. Por isso, as empresas precisam participar desse evento mundial”, enfatizou o gerente.

 Evento preparatório
No último dia 8 de abril deste ano, o CIN-AM realizou um Workshop preparatório para o seminário mundial. O Workshop foi voltado para empresários amazonenses, com o objetivo de quebrar paradigmas e incentivar o egresso no mercado mundial. Na ocasião, Marcelo Lima, incentivou a participação dos presentes e destacou que o Seminário nos Estados Unidos é uma oportunidade para expandir e fomentar negócios.

“Os assuntos divulgados no seminário serão de grande importância para os empresários, um evento de três dias, completamente em português. Será uma grande oportunidade para que empresas amazonenses. Precisamos incentivar a participação dos empresários amazonenses”, disse Marcelo.
Qualquer dúvida, o interessado pode entrar em contato com a equipe do CIN-AM, no e-mail tiago.albuquerque@fieam.org.br ou pelos telefones (92) 3186-6511 ou (92) 3631-0899.  



Tony Medeiros comemora aprovação do projeto que permite a criação de novos municípios

Tony defendeu ainda as regras claras e rígidas, que impedem a criação de municípios em terras indígenas, áreas de preservação ambiental, terras da União e suas autarquias, que não permitem ações irresponsáveis no processo.

Outro fato comemorado pelo deputado Tony Medeiros é que a nova Lei Complementar teve a articulação do governo e já tem a garantia de que não será vetada pela presidente Dilma Rousseff (PT). Segundo ele, desde a Emenda Constitucional nº 15, que há 18 anos retirou a competência das Assembleias, não se criou mais municípios no Brasil, por falta de uma Lei Complementar.

Medeiros recebeu apartes dos deputados Orlando Cidade (PTN), que defendeu a criação de novos municípios no Amazonas; David Almeida (PSD), que destacou o trabalho do colega na realização dos estudos de viabilidade, para a criação de novos municípios, e também ressaltou a necessidade urgente de emancipação para as comunidades amazonenses de Santo Antonio do Matupi, Novo Remanso, Cacau-Pirêra e até do bairro, localizado na zona Sul de Manaus, Colônia Antonio Aleixo.

BANCO DA AMAZÔNIA INAUGURA AGÊNCIA NO MUNICÍPIO DE TEFÉ


Na próxima segunda-feira, dia 11 de agosto, o Banco da Amazônia inaugurará a 124ª agência da Instituição. A nova unidade será instalada no município de Tefé, situado a 516 km da capital do Estado do Amazonas. A inauguração ocorrerá às 10 horas, na avenida Juruá 410, no bairro Juruá. Estarão presentes durante a solenidade de inauguração o presidente do Banco da Amazônia, Valmir Pedro Rossi, o superintendente do Banco no Amazonas, Donizeti Borges de Campos, o gerente geral de Tefé, Mauro Lopes de Lima, além de autoridades locais, clientes e convidados da Instituição.

A inauguração da agência Tefé faz parte das ações de expansão do Banco, que já atua em todos os municípios do Norte do país. Além de Tefé, a nova unidade atenderá os municípios de Alvarães, Uarini, Fonte Boa, Jutai, Tonantins, Santo Antônio do Iça, Amatura, São Paulo de Olivença, Atalaia do Norte, Benjamim Constant e Tabatinga.

Segundo dados do IBGE, em 2010 a população de Tefé era de 61.453 habitantes. A economia local é composta pelos setores de comércio, serviços e agropecuário, sendo que os dois primeiros são responsáveis pela maior fatia da renda local, respondendo por aproximadamente 60% do total da renda gerada no município.

Para atender a localidade, o Banco da Amazônia planeja investir, dentre outros setores, na agropecuária, extrativismo vegetal, indústria, comércio e serviços. A agência de Tefé atuará nas áreas comercial e de fomento, esta última com as linhas de financiamento disponíveis no Banco, especialmente o Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO).

A implantação da agência facilitará o acesso da população aos serviços do Banco da Amazônia, que oferecerá, ainda, diversos produtos com taxas e juros competitivos, a fim de impulsionar os negócios dos produtores e empreendedores de Tefé. A unidade funcionará de 10 às 16 horas.

BANCO TEM PARA INVESTIR NO AMAZONAS R$ 1,1 BILHÃO
Para 2014, o Banco da Amazônia tem disponível para aplicar na Região Amazônica R$ 9,2 bilhões, originários, dentre outras fontes, do FNO e do Fundo de Desenvolvimento da Amazônia (FDA), além da própria carteira de crédito comercial da Instituição. Deste total, R$ 1,2 bilhão será carreado para o Amazonas, sendo R$ 1,0 bilhão do FNO.

Em 2013, o Banco investiu no Estado R$ 1,1 bilhão com recursos do FNO, gerando, dentre outros benefícios, um incremento no Produto Interno Bruto (PIB) na ordem de R$ 1,8 bilhão e mais de 104 mil postos de trabalho. Os recursos serviram para o desenvolvimento de Arranjos Produtivos Locais, como, por exemplo, os APLs de fruticultura, turismo e piscicultura, atendendo empreendedores individuais (Eis), micro e pequenas empresas, médios e grandes clientes.

Com atuação focada na promoção do desenvolvimento regional em bases sustentáveis, o Banco da Amazônia tem apoiado no Amazonas iniciativas que fazem o uso racional das matérias-primas locais e que contribuam para o aumento do valor agregado. Este ano, o Banco pretende fortalecer ainda mais os APLs prioritários para o Estado, bem como os projetos e os negócios sustentáveis identificados nas áreas de atuação das agências. Em Tefé, por exemplo, onde o Banco está abrindo a nova agência, o foco principal será o fortalecimento da agropecuária, do extrativismo vegetal, da indústria, do comércio e dos serviços.

Para todo o Amazonas, o Banco da Amazônia selecionou os seguintes Arranjos Produtivos Locais: construção naval; pesca e piscicultura; produtos florestais madeireiros e não madeireiros; fruticultura; fibras; mandiocultura; mobiliários; mineração e cerâmica. A prioridade desses arranjos não exclui a possibilidade de o Banco atender outros arranjos e cadeias produtivas ou outras formas de organização do setor produtivo.

Serviço
Inauguração da Agência Tefé
Data: 11/08/ 2014 (segunda-feira)
Hora: 10 horas
Local: Av. Juruá 410, Juruá, Tefé - AM
Sugestão de entrevistado: Presidente do Banco da Amazônia, Valmir Pedro Rossi; gerente geral de Tefé, Mauro Lopes de Lima; e clientes presentes na ocasião do evento
Contatos em Tefé: (97) 3343-4112, falar com Mauro Lopes de Lima

Contatos na Superintendência: (92) 2123-0051 falar com Tainah Ferreira

CPI da Pedofilia recebe documentos da quebra de sigilo bancário


A CPI da Pedofilia da Assembleia Legislativa do Amazonas Aleam, de autoria do deputado Luiz Castro (PPS), apresentou, nesta quarta-feira (6), à imprensa os cinco lotes de documentos da quebra de sigilo bancário da Prefeitura de Coari, do prefeito afastado Adail Pinheiro, do vice-prefeito Igson Monteiro e do advogado Francisco Balieiro, supostamente envolvidos na rede de exploração sexual de menores de idade que age no município.

A documentação é referente aos extratos bancários de operações realizadas na Caixa Econômica Federal, Banco Bradesco e Banco do Brasil, contendo todo o movimento de pagamentos realizados pelo município no período de janeiro de 2011 a março de 2014.

O presidente da comissão, deputado Abdala Fraxe, afirmou que a documentação será analisada minuciosamente e que todas as informações da movimentação bancária da Prefeitura de Coari, serão colocadas no relatório final da CPI. “Apesar de três tentativas, por meio de liminar, não conseguiram impedir que a documentação chegasse à CPI”, declarou Fraxe, destacando a atuação da Justiça no resguardo das prerrogativas da comissão, que tem como uma de suas atribuições pedir a quebra de sigilo bancário de instituições e de pessoas acusadas.

O pedido de quebra de sigilo bancário da Prefeitura  e dos supostos envolvidos na rede de pedofilia, foi feito pelo deputado Luiz Castro e provado pela CPI  no dia 27 de maio. Durante a coletiva, o presidente Abdala Fraxe, disse que são claros os sinais da relação do Poder Público Municipal com a rede de exploração sexual de menores de idade que age em Coari.

O deputado Luiz Castro disse que o compromisso dos membros da CPI é de que não ocorra o vazamento de informações, principalmente para que não se faça uso eleitoral das investigações. Os lotes de documentos foram levados à sala da CPI, mas estão sob segurança policial, guardados em cofre, cuja localização não foi revelada.

Diante do volume de documentos de uma prefeitura com tantos recursos, Abdala Fraxe não descartou a possibilidade de prorrogar o tempo de funcionamento da CPI.



Acordo entre AM e SP garante maior competitividade para Informática


Os governos do Amazonas e São Paulo assinaram, nesta quarta-feira (6), uma resolução que trará isonomia da alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para os bens de informática produzidos em ambos os Estados, o que, na prática, deverá reduzir as desigualdades na tarifação.

Com a resolução, os bens de informática produzidos na Zona Franca de Manaus (ZFM), que eram tributados em São Paulo no ICMS a 18%, passam a ter uma alíquota de 12, igualmente aos bens de informática produzidos pela indústria paulista. “A resolução proporcionará maior competitividade aos bens de informática produzidos no PIM quando comercializados no Estado de São Paulo. Com o tratamento isonômico, teremos uma queda de 6% no custo do produto, o que para esse segmento é fundamental, pois até mesmo  0,5% já causa um impacto grande na competitividade”, afirmou o superintendente da Zona Franca de Manaus, Thomaz Nogueira.

Nogueira colaborou tecnicamente no processo de discussões entre representantes das Secretarias de Fazenda dos dois Estados visando à concretização do acordo. Várias reuniões foram realizadas ao longo dos últimos meses, com a participação da SUFRAMA. “A tendência agora é aumentar o segmento, ampliando investimentos, empregos e a geração de renda na região”, complementou.


Zona Franca
Entre os produtos que terão ganho de competitividade para a Zona Franca de Manaus, estão os tablets, cuja produção, em pleno crescimento, já ultrapassou 1,5 milhão de unidades de janeiro a maio de 2014; monitores de cristal líquido (LCD), que apresentaram crescimento de 417% na produção nos cinco primeiros meses do ano em relação ao mesmo período de 2013; notebooks, que já contam com mais de 500 mil unidades produzidas em 2014; e placas de circuito impresso. Os telefones celulares não entraram na resolução, uma vez que a alíquota de ICMS para este produto ainda está sendo discutida entre os dois Estados.

A resolução acordada entre os Estados será publicada pela Secretaria Estadual de Fazenda do Estado de São Paulo no Diário Oficial do Estado nesta quinta-feira (7) e foi assinada pelo titular da Sefaz paulista, Andrea Calabi. A medida entra em vigor na data da publicação.


segunda-feira, 28 de julho de 2014

CAF sinaliza liberação de U$ 200 milhões para obras da Prefeitura de Manaus


De passagem pela capital do Amazonas para conferir a aplicação de recursos direcionados para obras de infraestrutura, o vice-presidente da Corporação Andina de Fomento (CAF), José Carrera, afirmou que novas parcerias serão firmadas com a Prefeitura de Manaus. Em reunião com vários secretários municipais, ocorrida na última segunda-feira, 21, Carrera sinalizou a liberação de U$ 200 milhões para a execução de importantes obras a partir de 2015.

Segundo o secretário municipal de Finanças (Semef), Ulisses Tapajós, foram pré-aprovados os projetos que fazem parte do Programa de Integração, Mobilidade e Desenvolvimentos da Cidade de Manaus (PIMD/Manaus). Entre eles, a construção do Parque Natural da Cachoeira Alta do Tarumã, a revitalização da Marina do Davi e da orla do bairro Santo Antônio (todas na zona Oeste), a implantação de um complexo viário na Bola do Produtor (zona Leste) e de um retorno viário na entrada do conjunto Manôa (zona Norte), além da revitalização das feiras e centros de compras.

“Os recursos estão previstos para janeiro do próximo ano. Essa ajuda da CAF é importantíssima para a realização do extraordinário plano de obras que a prefeitura vai executar em 2015. Estamos todos contentes porque já fizemos muito em tão pouco tempo e tudo com recursos próprios”, destacou Ulisses Tapajós.

Dentro do cronograma orçamentário, mais de U$ 35 milhões serão destinados a componentes que propiciem o desenvolvimento do turismo e do lazer, como o Parque Natural da Cachoeira Alta do Tarumã e a requalificação da orla da cidade. Cerca U$ 60 milhões serão aplicados nas obras de melhoria do sistema viário e, aproximadamente, U$ 5 milhões serão revestidos na revitalização das feiras.

A Prefeitura de Manaus oferece contrapartida física, correspondente à U$ 100 milhões, com as obras do Programa de Desenvolvimento Urbano e Inclusão Socioambiental de Manaus (Prourbis).

"Nós temos a certeza de que podemos formar novos e grandes acordos com Manaus, que é uma cidade com prospecção para o futuro”, afirmou o vice-presidente da Corporação Andina de Fomento (CAF), José Carrera, que também visitou a segunda etapa do Complexo Turístico Ponta Negra, acompanhado pelo prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto.

A obra de revitalização do complexo, que compreende estrutura de 1.110 m², foi concluída em apenas oito meses e 21 dias e realizada com recursos oriundos da CAF. Para o prefeito, a visita foi importante para que o representante percebesse de que forma o dinheiro foi investido.

"Entendemos que é uma visita honrosa e ao mesmo tempo prática. Ele ficou impressionado com a eficácia e feliz em poder ajudar Manaus a crescer. É importante essa prestação de contas porque eles (representantes do banco) sabem que nosso trabalho é sério", afirmou Arthur Neto.

Carrera disse que todos estão satisfeitos com os resultados apresentados pela Prefeitura de Manaus. "Nós já consideramos essa parceria como de longo prazo. Estamos trabalhando junto ao prefeito para ajudarmos, planificarmos e acompanharmos as prioridades de Manaus. Estamos muito contentes com todos esses acordos e temos a certeza de que é um trabalho muito importante para Manaus e toda a América Latina", concluiu. 


MANICORÉ



Nos dias 26 e 27 de julho de 2014,  acontecerá o 38º Festival Folclórico de Manicoré edição 2014. O evento cultural do município vem tendo uma abrangência muito grande por se tratar de uma grande disputa que reuni todos os anos um total de 07 (sete) quadrilhas folclóricas. A partir da nova gestão, os chamados grupos folclóricos passaram a ter uma visão voltada aos direitos iguais, ou seja, antes as quadrilhas recebiam uma ajuda de custo da prefeitura diferenciada, sendo que existiam dois grupos A e B, no grupo “a” continha 4 chamado quadrilhas grandes e o grupo “B” três, chamados grupo das quadrilhas pequenas  e que hoje o governo municipal através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (SEMCULT) usou o entendimento para que todos os grupos folclóricos (quadrilhas) passassem a receber a ajuda de custo da prefeitura igualitária e que houvesse apenas um grupo para todas. Com essa finalidade houve mais empenho e insentivo aos demais grupos por que a competição cresceu e a disputa pelo primeiro lugar é de todos.

Na realidade essa disputa vem ficando a cada ano que passa muito acirrada, a partir do inicio do ano as coordenações já começam a preparar e se organizar visando promover diversas atividades em busca de apoio.

Ao longo dos meses a prefeitura junto a Secretaria Municipal  de Cultura realizam um planejamento visando repassar em várias parcelas a contribuição que está sempre ao alcance do município, este ano por exemplo a prefeitura poderia fazer melhor, mas em virtude da forte cheia do madeira que deixou milhares de ribeirinhos alagados o prefeito Lúcio Flávio do Rosário fez o possível para que tudo ocorresse na mais devida normalidade e fez o que deu de fazer, mas não esqueceu é claro de ajudar e contribuir com os ribeirinhos.

No dia 19 de julho aconteceu a escolha da Rainha caipira do 38º Festival Folclórico de Manicoré 2014 na quadra da AABB, o evento trouxe a apresentação das sete candidatas que concorreram ao título de Rainha Caipira 2014 que este ano ficou com a Jovem Mayra Cristina da Quadrilha Unidos de Mazarello que recebeu a premiação das mãos da primeira Dama do município senhora Nilcione Colares.

Agora resta aguardar o dia mais esperado para acontecer um dos maiores eventos culturais e foclórico da Calha do Madeira que é o 38º Festival Folclórico de Manicoré edição 2014, evento este que tem a realização da Prefeitura Municipal de Manicoré, organização da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo |(SEMCULT) e que conta ainda com apoio da Câmara Municipal, Governo do Amazonas , Ascom e Tv band Manicoré canal 13.

Prefeitura entrega uniformes aos jogadores que participarão da 5ª Copa dos Bairros


Os jogadores que participarão da 5ª edição da Copa dos Bairros, competição que terá início neste sábado, 26, receberão, nesta sexta-feira, 25, às 10h, no Parque Municipal do Mindu, os uniformes que deverão usar nas disputas. A competição é realizada pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel).

O coordenador geral do evento pela Semjel, Thiago Durante, explicou que o torneio de futebol possui 208 times inscritos, formados por moradores de todas as zonas da cidade, totalizando, aproximadamente, a participação de 5,2 mil jogadores.

Thiago Durante reforçou ainda que todas as associações esportivas irão receber uniformes e equipamentos patrocinados pela Prefeitura de Manaus. “Em todas as edições da Copa distribuímos uniformes de alta qualidade para todos os times e esse ano não vai ser diferente. Além disso, as equipes receberão bolas oficiais, que irão contribuir para um melhor rendimento nos treinos”, destacou.

Nesta edição, a novidade fica por conta da criação da categoria Master, que dará oportunidade para o grupo de jogadores que não se enquadra na faixa-etária principal. “Criamos a categoria Master para comemorarmos cinco anos de sucesso da Copa dos Bairros. Além disso, é uma forma de dar oportunidade aos amantes do futebol com idade igual ou superior a 40 anos”, declarou o secretário da Semjel, Elvys Damasceno.

A competição, segundo Thiago Durante, será supervisionada de acordo com as Regras Internacionais que regem a modalidade, da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Código Disciplinar Específico e Código Brasileiro Disciplinar de Futebol.
As três primeiras equipes que alcançarem melhor rendimento durante a realização do campeonato serão premiadas com troféus e medalhas.

Serviço
O quê: Entrega dos uniformes dos jogadores que irão participar da 5ª edição da Copa dos Bairros, promovida pela Prefeitura de Manaus.
Quando: Nesta sexta-feira, dia 25 de julho.
Onde: Auditório do Parque Municipal do Mindu, no bairro Parque Dez de Novembro, zona Centro-Sul.
Hora: 10h.

Contato: Thiago Durante (92) 8842-1165 ou 9177-5447. 

Festival Folclórico do Parque 10 começa no dia 08 de agosto


O 34º Festival Folclórico do Parque 10 será realizado do dia 08 a 31 de agosto, no Centro Social Urbano (CSU), do bairro, na zona Centro- Sul. A decisão foi tomada na noite desta quinta-feira, 24, durante reunião realizada entre a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh), Goreth Garcia Ribeiro, e representantes da Associação Comunitária dos Moradores do Conjunto Castelo Branco II.

A Secretária Goreth Garcia informou que o festival será realizado com apoio de todas as secretarias da Prefeitura de Manaus e da comunidade. “O festival será realizado com a participação ativa da comunidade e com Prefeitura administrando o evento de forma democrática e transparente”. Segundo a secretária, essa é uma grande oportunidade para que seja colocado em prática o Regimento Interno do CSU, de forma a dar clareza e legitimidade às relações com os barraqueiros e com a comunidade.

“Vamos deixar claro que os recursos arrecadados deverão ser revertidos para a comunidade, para o próprio CSU e para as instituições da rede acolhedora e de fortalecimento de direitos”, afirmou a secretária.

Goreth Garcia ressaltou, ainda, que o festival será mais uma oportunidade para estimular a consciência socioambiental na populaçao de Manaus.
“Esse evento vai ter de novo a marca do compromisso da Prefeitura em estimular a consciência socioambiental das pessoas.  Vamos continuar trabalhando o respeito a crianças e adolescentes, o combate ao trabalho infantil e o respeito ao meio ambiente, estimulando  consciência Cidadã responsável”. 


Eliseu Bacelar, morador do Bairro e um dos representantes da associação de moradores, esclareceu que houve um atraso na realização do festival, principalmente em função da realização da Copa do Mundo. “Mas isso houve em todos os festivais da nossa cidade. O Objetivo desta reunião foi agregar a Prefeitura e a Comunidade, e tenho certeza que teremos um grande festival em agosto”.